terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Tag 8 Coisas


Fui desafiada por uma blogueira (MiPoupe) postar a tag 8 coisas
-8 coisas para fazer antes de morrer?
• Ser escritora
• Ser uma blogueira famosa
• Conhecer Paris
• Casar
• Criar um canal no youtube
• Abrir um hospital para pessoas com câncer
• Ir para a África ajudar as crianças
• Dar uma casa própria para os meus pais
-8 coisas que amo?
• Livros
• Açai
• Meus leitores
• Séries
• O Máfia Lovato
• Comer
• Nutella
• Minha família
-8 coisas que odeio?
• Gente chata
• Calor
• Gripe
• Gente mexendo no meu celular e nos meus livros 
• Pessoas que julgam os outros
• Pernilongo
• Tédio
• Acabar um livro/série
-8 coisas que falo?
• Caralho
• Nossan
• Uy
• BERRO
• Menos bem menos
• Tira a mão do meu celular
• Chega
• Eu vou dar na cara dela
-8 makes/roupa/acessórios que não vivo sem?
• Batom
• Tatoo Choker
• Pó
• Vestido
• Cremes de pentear da Salon Line
• Brinco
• Blusinhas tumblr
• Shorts
-8 objetos que não vivo sem?
• Celular
• Computador
• Tablet
• Cama
• Televisão
• Ar condicionado
• Ventilador
• Rádio
-8 filmes/séries/livros/jogos que amo?
• Perdida
• The Vampire Diaries
• Teen Wolf
• Once Upon a Time
• Fallen
• Depois dos 15
• Arrow
• Um Ano Inesquecível
-8 blogs/canais que indico para responder à tag?
• Fofa Porém Birrenta
• Caroline Mair
• Rascunhos de Tom
• Por trás da Caneca
• Vlog da Danny
• Madamices
• Samara Lahan
• Batata Fogo
Gostaram?Se gostaram eu faço outras tags e desafios

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Madrugada

Naquele quarto escuro eu olhava pela janela as estrelas que me lembravam tanto o seu sorriso.. e cara, como eu amava quando sorria e exibia seus dentes brancos e perfeitos e aquelas adoráveis covinhas! Então uma música veio à minha mente (a nossa música) Everything has changed do Ed Sheeran, então senti uma dor inexplicável e eu sabia bem o motivo, era torturante não poder te tocar, sentir seu cheiro e ouvir qualquer assunto rotineiro, como "como estavam seus cachorros?" ou talvez quem sabe "como estavam seus parentes que moravam na Bahia?", eu precisava de você naquele exato instante perto de mim, tão perto que eu pudesse ouvir os batimentos do seu coração, tão perto que eu pudesse sentir borboletas sambando no meu estômago, tão perto que... ah cara como doía descobrir que te amava e você me considerava apenas uma amiga, aquela famosa "friendzone" que todos temem. Talvez seria melhor se eu estivesse dormindo ao invés de torcendo para que você tenha pensado em mim em algum momento daquele dia. Enfim, ver a vida pela perspectiva do "sonhar" era mais tolerável pelo menos para mim que mais cedo ou mais tarde teria que assumir o posto de "Melhor Trouxa Do Ano De 2017" e ser condecorada com um "prêmio invisível".

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O dia em que eu talvez tenha encontrado a felicidade


Seria impossível descrever com meras palavras o que estava sentindo naquele exato momento, quando você disse que finalmente iríamos nos encontrar depois de 3 longos anos, eu achei que fosse mais uma "zoeira", mas não... você realmente estava ali. Não pude me segurar, e literalmente me joguei em seus braços me afundando em um abraço que eu sempre imaginara como, quando e onde seria, aquele toque fez algo se ascender dentro de mim.. e acho que pela primeira vez senti o que era estar feliz, e cara como era bom aquilo!  Seu abraço me reconfortou, fez com que minha inspiração voltasse (algo que eu achei ser impossível), que se danasse o calor, ou os desconhecidos que estavam nos olhando, naquele momento para mim eram apenas você, eu e aquele sorriso que só você era capaz de dar, com aquelas adoráveis covinhas. Porém, infelizmente o abraço não durou muito, mas pelo menos pude ser feliz por um breve momento. E acredite, depois daquele encontro ainda me pego sorrindo para as paredes.

Ps: obrigada por ter trazido seus pais, agora eles são como uma segunda família para mim.